Blog

Colesterol alto: como evitar ou conviver com ele

Colesterol alto: como evitar ou conviver com ele
Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/partnerbeneficios/www/wp-content/plugins/user-specific-content/User-Specific-Content.php on line 373

Colesterol alto: como evitar ou conviver com ele

Segundo a OMS, os altos valores de colesterol matam mais de 4 milhões de pessoas anualmente no mundo. No Brasil, as doenças cardiovasculares são responsáveis por 31% das mortes, na maioria dos casos são infartos e derrames.

Vilão silencioso

Quando uma pessoa tem colesterol alto, ela corre o risco de ter artérias entupidas por placas de gordura e, consequentemente, dificultar a passagem do sangue. Somente por meio de exames periódicos é possível descobrir o nível em que está, já que a enfermidade não demonstra sintomas.

Confira os valores de referências abaixo:

Colesterol total

Ideal: < 200 mg/dL

Suspeito: 200 – 240 mg/dL

Elevado: > 240 mg/dL

HDL (colesterol bom: remove o excesso de colesterol do sangue, reduzindo o risco de formação de placas de gordura)

Ideal: > ou = 50 mg/dL

Suspeito: 35 a 49 mg/dL

Elevado: < 35 mg/dL

LDL (colesterol ruim: forma as placas de gordura nas artérias, dificultando a passagem do sangue)

Ideal: < 100 mg/dL

Suspeito: 100 a 160 mg/dL

Elevado: > 160 mg/dL

Atenção: Quem tem parentes de 1º grau (pai, mãe, irmãos e avós) que já apresentam colesterol elevado devem ter cuidado redobrado e acompanhamento médico regular, pois existe o risco de herança hereditária da doença.

Portadores de colesterol elevado

A adoção de um estilo de vida saudável é importante para todos, mas para quem já tem colesterol elevado é essencial. Praticar atividades físicas, beber água com regularidade, manter um peso saudável e, claro, acompanhar com o médico dados como pressão arterial, colesterol, glicose, índice de massa corpórea (IMC) e circunferência abdominal.

O que são triglicérides?

Os triglicerídeos são usados pelo organismo como forma de energia. Concentrações elevadas de triglicérides normalmente apresentam concentrações elevadas de colesterol, com prevalência de LDL. Assim, triglicéride elevado também é um fator de risco para doença coronariana. O valor de referência desejável para triglicérides é < 150 mg/dL.

Alimentação equilibrada para quem tem colesterol elevado

 

Preferir

Consumir moderadamente

Consumir ocasionalmente e em pouca quantidade

Cereais

Grãos integrais

Pão refinado, arroz e massas, biscoitos, cereais açucarados

Pães doces, bolos, tortas, croissants

Vegetais

Vegetais crus e cozidos

Vegetais preparados na manteiga ou creme

Legumes

Todos, incluindo soja e proteína de soja

Frutas

Frutas frescas ou congeladas Frutas secas, geléia, compotas

Doces e adoçantes

Adoçantes não calóricos

Mel, chocolates, doces

Bolos e sorvetes

Carnes e peixes

Peixe magro, frango sem a pele

Cortes de carne bovina magra, carne de porco, frutos do mar

Salsichas, salames, toucinho, costelas, vísceras

Alimentos lácteos e ovos

Leite e iogurte desnatados, clara de ovos

Leite semidesnatado, queijos brancos e derivados magros

Queijos amarelos e cremosos, gema de ovo, leite e iogurte integrais

Molhos para temperar e cozinhar

Vinagre, limão, azeite e ervas

Óleos vegetais, manteiga e molhos naturais

Gorduras de porco e trans, margarina e molhos industrializados

Nozes e sementes

Todas

Coco

Preparo dos alimentos Grelhados, cozidos e no vapor

Assados e refogados

Fritos

 

A base para esta matéria foi extraída do site Cardiol, da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Lá você encontra receitas saudáveis, testes (risco coronariano, IMC, etc), podcasts, jogos e muito mais. Confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *