Blog

Novas medidas ANS visam melhorias no atendimento das operadoras

Novas medidas ANS visam melhorias no atendimento das operadoras

Novas medidas ANS entram em vigor para melhorar o atendimento das operadoras

Está valendo. Desde domingo, 15 de maio, as operadoras de saúde são obrigadas a dar respostas imediatas aos seus clientes. As novas medidas ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) estão na RN 395 e focam na agilidade e qualidade das informações fornecidas pelas operadoras quanto as solicitações de procedimentos e cobertura assistencial.

Confira os principais ganhos para os clientes:

Atendimento

– Centrais de atendimento presenciais, em horário comercial, em dias úteis, nas capitais e/ou regiões de maior atuação dos planos. Esta regra não é válida para operadoras de pequeno porte, as exclusivamente odontológicas, as filantrópicas e autogestão.

– Centrais de atendimento por telefone 24 horas/dia, 7 dias/semana para urgência e emergência para operadoras de grande porte. Demais categorias (médio e pequeno porte, exclusivamente odontológicas e filantrópicas) o contato telefônico deverá estar disponível em dias úteis, no horário comercial.

– Todas as operadoras devem disponibilizar atendimento por telefone, 24 horas, todos os dias, em casos de urgência e emergência.

Procedimentos

– O prazo máximo para devolutiva de solicitações de procedimentos / coberturas que não tem possibilidade de resposta imediata, agora é de 5 dias úteis, diretamente ao beneficiário. Se a resposta for negativa, o motivo deverá ser detalhado e justificado legalmente.

– Para procedimentos de alta complexidade (APAC) ou internação eletiva, o prazo máximo é de 10 dias úteis.

– Casos de urgência e emergência, a resposta deve ser imediata.

– Procedimentos negados: Após a negativa, se o beneficiário quiser, poderá solicitar à operadora uma justificativa por escrito com resposta em até 24 horas e solicitar reavaliação do caso no departamento de Ouvidoria da operadora.

Informações

– Os dados do atendimento feito pela operadora devem ser arquivados por 90 dias. Caso o beneficiário solicite-os, devem ser disponibilizados em até 24 horas.

Para conferir na integra a informação e a RN, acesse site da ANS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *