Blog

Por que escolher Parto Normal à Cesariana?

Por que escolher Parto Normal à Cesariana?

O parto normal é o método natural de nascer, onde a mãe produz substâncias capazes de proteger o recém-nascido e favorecer a amamentação”

Dados recentes mostram que no Brasil 52% dos partos feitos na rede de saúde pública são por cesariana e sobem para 83% na rede privada. A OMS recomenda o índice de 15% para partos cesariana que, na sua origem, é uma intervenção para salvar vidas e não uma prática comum ou uma regra recomendada.

Afirmação feita no título desta matéria foi um dos balizadores para a ANS- Agência Nacional de Saúde Suplementar promulgar a Resolução Normativa nº 398 e publicar as novas regras descrita na matéria abaixo.

Isto nos leva a refletir que a falta de informação pode contribuir, muitas vezes, para a instalação de crenças populares prejudiciais aos diretamente envolvidos – mãe e bebê – como também para todo o sistema de saúde, aumentando os custos e diminuindo a capacidade de atendimento às parturientes.

Vantagens do Parto Normal

Para a Mãe:

  • Recuperação mais rápida e um menor tempo de internamento hospitalar;
  • Menor risco de infecção;
  • Favorecimento da produção de leite materno;
  • Os laços sentimentais com o bebê ocorrem com maior facilidade;
  • O útero volta ao seu tamanho normal rapidamente.

 

Para o Bebê:

  • Maior facilidade para respirar: Ao passar pelo canal vaginal, seu tórax é comprimido e isso faz com que os líquidos de dentro do pulmão sejam expelidos com mais facilidade.
  • Mais atividade ao nascer: O bebê também se beneficia das alterações hormonais que ocorrem no corpo da mãe durante o trabalho de parto, fazendo com que ele seja mais ativo e responsivo ao nascer. Os bebês que nascem de parto normal quando ainda não tem o cordão umbilical cortado e são colocados em cima da barriga da mãe consegue se arrastar até o peito para mamar, sem precisar de nenhuma ajuda.
  • Maior receptividade ao toque: Durante a passagem pelo canal vaginal, o corpo do bebê é massageado, fazendo com que ele desperte para o toque e não estranhe tanto o toque dos médicos e enfermeiros ao nascer.
  • Mais calma: Ao nascer o bebê pode ser imediatamente colocado em cima da mãe, o que acalma mãe e filho e aumenta seus laços sentimentais, e após estar limpo e vestido, pode permanecer todo o tempo junto da mãe, se ambos estiverem saudáveis, pois não precisa ficar em observação.

Fonte Dra. Sheila Sedicias – Ginecologista

Confira matéria publicada no site da ANS clicando no link abaixo:
http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/consumidor/3192-ans-publica-novas-regras-para-o-parto-na-saude-suplementar

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *