Blog

08/08 – Dia Nacional de Combate ao Colesterol

08/08 – Dia Nacional de  Combate ao Colesterol

O que é o colesterol?
Sempre que ouvimos falar em colesterol, já relacionamos com doenças. Mas o colesterol é um conjunto de gorduras essencial para diversas funções do nosso organismo. Ele participa da produção de alguns hormônios (vitamina D, testosterona, estrógeno, cortisol), dos ácidos biliares, que ajudam na digestão das gorduras, além de fazer parte da estrutura das células do cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração.

A maior parte do colesterol (cerca de 70%) é produzida no fígado pelo nosso próprio organismo. Os 30% restantes são provenientes da nossa alimentação. Mas vale ressaltar que, ao consumir grandes quantidades de alimentos ricos em gordura, o fígado produz mais colesterol do que o normal.

Quais são os tipos de colesterol?
– Colesterol “bom”: é o HDL (High-density lipoprotein), lipoproteína de alta densidade, tem a função de retirar o colesterol das artérias e transportá-lo até o fígado para ser excretado.
– Colesterol “ruim”: é o LDL (Low-density lipoprotein), lipoproteína de baixa densidade, pode se acumular nas artérias e coronárias e formar placas que dificultam o fluxo sanguíneo para órgãos essenciais como coração e cérebro, aumentando risco de infarto e acidente vascular cerebral.

– Colesterol VLDL (Very low-density lipoprotein): lipoproteína de muito baixa densidade, tem a função de entregar colesterol e triglicérides para os outros tecidos a partir do fígado.
– Colesterol Total: é a soma do HDL, LDL e VLDL.

Quais são os riscos do colesterol ruim alto?
Quando o colesterol ruim está alto forma placas chamadas ateromas, que vão dificultando o fluxo sanguíneo e obstruindo as artérias, podendo causar infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC).

Quais são as principais causas do colesterol alto?
– Alimentação rica em gorduras
– Sedentarismo
– Obesidade
– Diabetes
– Fatores genéticos: mesmo pessoas com hábitos saudáveis podem ter colesterol alto devido a questões genéticas.
– Gênero e idade: mulheres na menopausa são mais suscetíveis a ter colesterol alto, devido à mudança da produção hormonal no organismo.

Como identificar o colesterol alto?
O colesterol alto não apresenta sintomas. Por isso é importante realizar exame de sangue para verificar os índices, conforme pedido de seu médico.

Como prevenir o colesterol alto?
– Tenha uma alimentação saudável: aumente o consumo de frutas, verduras, legumes e grãos e diminua os alimentos de origem animal, dando preferência a carnes magras grelhadas e assadas.
– Faça exercícios físicos regularmente.
– Não fume: o cigarro diminui os níveis do colesterol bom.
– Controle seu estresse: encontre satisfação em seu cotidiano, mantenha atividades de lazer e cultive amizades.

Fontes: Sociedade Brasileira de Cardiologia, Ministério da Saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *