Blog

Setembro Amarelo: Mês de Prevenção do Suicídio

Setembro Amarelo: Mês de Prevenção do Suicídio

No mundo, cerca de 1 milhão de pessoas cometem suicídio anualmente. No Brasil, 32 pessoas se suicidam a cada dia. Segundo especialistas, o número de tentativas é pelo menos dez vezes maior.

O que é o setembro amarelo?
É uma campanha iniciada no Brasil pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria) com o objetivo de conscientizar sobre a prevenção do suicídio. No dia 10 do mesmo mês é comemorado o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

O que leva a pessoa a se matar?
O suicídio é um problema complexo. Ele resulta de uma interação de fatores biológicos, genéticos, psicológicos, sociais, culturais e ambientais. Geralmente, a pessoa não se suicida por um motivo único e sim por um conjunto de situações.

O suicídio está relacionado com doenças mentais?
A doença mental é um fator de risco para o suicídio. Isto não significa que quem tem doença mental irá se suicidar e nem que todo suicida tem doença mental.

Quais são os fatores de risco para o suicídio?
– Doenças mentais: depressão (todas as formas), transtorno de personalidade (anti-social e borderline com traços de impulsividade, agressividade e frequentes alterações do humor), esquizofrenia, transtorno mental orgânico, entre outros.
– Desesperança e desespero: busca por sentido existencial, razão para viver, falta de habilidade de resolução de problemas
– Uso de álcool e outras drogas
– Doenças físicas, crônicas e dolorosas: epilepsia, trauma medular ou craniano, acidente vascular cerebral, câncer, AIDS, entre outras.
– Possuir acesso a meios letais
– Impulsividade

Como identificar que a pessoa precisa de ajuda?
Antes de cometer o suicídio, a pessoa dá alguns sinais como:
– Isolamento
– Mudanças marcantes de hábitos
– Perda de interesse por atividades de que gostava
– Descuido com aparência
– Piora do desempenho na escola ou no trabalho
– Alterações no sono e no apetite
– Dizer frases como “preferia estar morto” ou “quero desaparecer”

Segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS, 90% dos suicídios podem ser evitados. Quem tenta o suicídio, está pedindo ajuda.

Como prevenir o suicídio?
– Ao identificar que a pessoa precisa de ajuda, chame-a para conversar em um lugar tranquilo, com tempo necessário para a pessoa se abrir.
– Ouça atentamente e expresse respeito pelas opiniões e valores da pessoa.
– Mostre sua preocupação, cuidado e afeição.
– Focalize nos sentimentos da pessoa.
– Se a pessoa falar claramente sobre os seus planos de se matar e parece estar decidida quanto a isso, não a deixe sozinha.
– Incentive a pessoa a procurar ajuda de profissionais de serviços de saúde, de saúde mental, de emergência ou apoio em algum serviço público. Ofereça-se para acompanhá-la a um atendimento.

 

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone: 188 | email e chat: www.cvv.org.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *