14/11 - Dia Mundial do Diabetes

Comunicação e Marketing

Voltar ao índice

Segundo números da Sociedade Brasileira de Diabetes, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas tem diabetes, representando 6,9% da população nacional. No mundo estima-se mais de 380 milhões de pessoas com diabetes. 

O que é diabetes?

Diabetes é uma doença crônica causada pela produção insuficiente ou má absorção de insulina, hormônio que tem a função de quebrar as moléculas de glicose (açúcar), transformando-a em energia para nosso organismo. Com a insuficiência de insulina, o nível de glicose no sangue fica alto. A permanência deste quadro por longos períodos pode causar danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos. 

Quais são os principais tipos de diabetes?

Diabetes Tipo 1: ocorre quando o sistema imunológico ataca equivocadamente as células beta (responsáveis por produzir insulina quando o nível de glicose no sangue está alto). Com isso, pouca ou nenhuma insulina é liberada no organismo. Geralmente é detectado na infância ou na adolescência, mas também pode ser diagnosticado em adultos. Trata-se de uma doença autoimune, com influência hereditária, que acomete de 5 a 10% do total de pessoas com diabetes. 

Diabetes Tipo 2: ocorre quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz ou não produz insulina suficiente. Geralmente se manifesta na fase adulta, mas as crianças também podem apresentar. Sua causa está diretamente relacionada ao sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos elevados, hipertensão e hábitos alimentares inadequados. Cerca de 90% dos diabéticos apresentam o tipo 2. Diabetes Gestacional: o organismo da gestante promove diversas mudanças hormonais para proporcionar o desenvolvimento do bebê. Algumas delas reduzem a ação da insulina. Com isso, o pâncreas aumenta a produção de insulina para equilibrar o quadro. Quando isso não ocorre, a gestante desenvolve o diabetes gestacional. 

Quais são os sintomas do diabetes? 

Os principais sintomas do diabetes são fome e sede excessiva e vontade de urinar várias vezes ao dia. No tipo 1, acrescenta-se perda de peso, fraqueza, fadiga, mudanças de humor, náusea e vômito. Já no tipo 2, formigamento nos pés e mãos, infecções frequentes na bexiga, rins, pele e infecções de pele, feridas que demoram para cicatrizar e visão embaçada. 

Como prevenir o diabetes? 

A melhor forma de prevenção é ter hábitos saudáveis: - Tenha uma alimentação saudável diariamente: coma verduras, legumes, frutas e reduza o consumo de sal, açúcar e gorduras. - Pare de fumar. - Pratique atividade física regularmente - Controle seu peso Pré-diabetes é quando os níveis de glicose no sangue estão mais altos do que o normal, mas não o suficiente para um diagnóstico de diabetes. É uma oportunidade para mudar o estilo de vida e evitar a evolução para o diabetes. Fontes: Sociedade Brasileira de Diabetes, Ministério da Saúde

Voltar ao índice