Dia Mundial da Alergia

Comunicação e Marketing

Voltar ao índice

Segundo a Organização Mundial de Saúde, as alergias acometem milhões de pessoas em todo o mundo: 400 milhões possuem rinite, 300 milhões apresentam asma, 250 milhões tem alguma alergia alimentar e um décimo da população sofre de alergia a medicamentos.

O que é alergia?

Alergia é uma resposta exagerada do sistema imunológico ao entrar em contato com determinadas substâncias, por via respiratória, pela pele ou por ingestão. 

Por que o organismo reage desta forma?

Estudos indicam que a alergia está relacionada a fatores genéticos. Mas mesmo quando não há questão genética envolvida o organismo pode desenvolver alergia. Em algum momento da vida, o sistema imune identifica determinada substância como estranha e começa a desenvolver anticorpos. Isso desencadeia reações na resposta alérgica.

Quais são os principais tipos de alergias?

Respiratórias: as mais conhecidas são rinite e asma. Apresentam como sintomas coriza, obstrução e coceira nasal, espirros, falta de ar, tosse e cansaço. Geralmente são causadas por ácaros, poeira, pólen, pelos de animais, cheiro de cigarro ou fumaça, mofo, mudança brusca de temperatura e poluição do ar.

Cutâneas: as mais comuns são dermatite de contato, dermatite atópica e urticária. Apresentam sintomas como coceira na pele, vermelhidão, lesões, inchaço, pele seca e descamação. As causas podem ser diversas como picadas de insetos, suor, contato com metais, alimentos, medicamentos e substâncias irritantes (detergente, amaciante, cosméticos, maquiagem, esmalte, etc.).

Alimentares: os principais sintomas são inchaço ou coceira nos lábios, diarreia, vômitos, rouquidão e flatulência. Os alimentos que mais causam alergia são: leite, trigo, ovo, frutos do mar, peixes, amendoim, soja, amêndoa e outra oleaginosas e látex natural.

O que é anafilaxia ou choque anafilático?

É uma reação alérgica grave que provoca queda de pressão, dificuldade de respirar e perda de consciência. Se a pessoa não receber atendimento médico imediato, pode morrer em minutos. Geralmente é causada por alimentos, picadas de insetos e medicamentos. 

Ao identificar uma alergia, procure um médico especialista (alergista ou alergologista) para diagnóstico e tratamento adequados.

Fontes: Ministério da Saúde, ASBAI.

Voltar ao índice

Nós utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes conforme descrito em nossa Política de Privacidade,
ao continuar navegando, você concorda com estas condições.