Novembro Azul 2020

Comunicação e Marketing

Voltar ao índice

Segundo estimativa do Inca - Instituto Nacional de Câncer, mais de 65 mil novos casos de câncer de próstata ocorrerão em 2020, no Brasil.

O que causa o câncer de próstata?

A causa exata não é conhecida, mas existem alguns fatores de risco:

• Idade: cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

• Histórico familiar: pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, podendo refletir tanto fatores genéticos (hereditários) quanto hábitos alimentares ou estilo de vida de risco de algumas famílias.

• Obesidade: excesso de gordura corporal aumenta o risco de câncer de próstata avançado.

Quais são os sintomas do câncer de próstata?

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas. Mas alguns sinais começam a aparecer na fase avançada como dificuldade para urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite, sangue na urina ou no sêmen e dor óssea.

Como diagnosticar o câncer de próstata?

O câncer da próstata pode ser identificado com a combinação de dois exames:

• Dosagem de PSA: exame de sangue que avalia a quantidade do antígeno prostático específico.

• Toque retal: como a glândula fica em frente ao reto, o exame permite ao médico palpar a próstata e perceber se há nódulos (caroços) ou tecidos endurecidos (possível estágio inicial da doença). O toque é feito com o dedo protegido por luva lubrificada. É rápido e indolor, apesar de todo o preconceito que existe em realizar o exame.

Como prevenir o câncer de próstata?

• Realizar exames preventivos anualmente: indicado para homens acima de 50 anos. Mas para negros (apresentam maior incidência) e para aqueles que tem histórico familiar de câncer de próstata, é recomendável procurar um médico a partir dos 40 anos. 

 • Manter hábitos saudáveis: alimentação saudável, não fumar e ser fisicamente ativo são hábitos que contribuem para a melhoria da saúde em geral e podem ajudar na prevenção deste câncer.

PREVINA-SE TAMBÉM DO CÂNCER DE PÊNIS

Apesar de ser considerado um tipo de câncer raro,todos os anos cerca de 1.600 brasileiros têm o pênis amputado por causa do câncer de pênis.A principal causa do câncer de pênis é a falta de higiene. Outros fatores de risco são relações sexuais sem preservativo (pesquisas relacionaram o desenvolvimento do câncer de pênis à infecção pelo vírus HPV), fimose e acúmulo de secreção branca resultante da descamação celular. A amputação do membro é realizada apenas nos casos mais graves, já que o câncer de pênis tem tratamento.Para prevenção basta manter uma higiene diária adequada e usar preservativos nas relações sexuais. A cirurgia de fimose também é indicada, mas apenas para facilitar a higiene do órgão.

Fontes: INCA, Ministério da Saúde, Instituto Lado a Lado pela Vida.

Voltar ao índice

Nós utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes conforme descrito em nossa Política de Privacidade,
ao continuar navegando, você concorda com estas condições.