Outubro Rosa 2020

Comunicação e Marketing

Voltar ao índice

Segundo estimativa do Inca - Instituto Nacional de Câncer, mais de 66 mil novos casos de câncer de mama em mulheres ocorrerão em 2020, no Brasil.

O que causa o câncer de mama?

O câncer de mama é uma doença multifatorial, ou seja, não existe uma causa única e sim múltiplos fatores que se combinam e contribuem para o aparecimento da doença. O câncer de mama pode acometer qualquer mulher. 

Quais são os fatores de risco?

• Fatores ambientais e comportamentais: obesidade e sobrepeso após a menopausa; sedentarismo; consumo de bebida alcoólica, exposição frequente a radiações ionizantes (raios-X).

• Fatores da história reprodutiva e hormonal: primeira menstruação antes de 12 anos; não ter tido filhos; primeira gravidez após os 30 anos; não ter amamentado; parar de menstruar (menopausa) após os 55 anos; uso de contraceptivos hormonais (estrogênio-progesterona); ter feito reposição hormonal pós-menopausa, principalmente por mais de cinco anos.

• Fatores genéticos e hereditários: histórico familiar de câncer de ovário; casos de câncer de mama na família, principalmente antes dos 50 anos; histórico familiar de câncer de mama em homens; alteração genética, especialmente nos genes BRCA1 e BRCA2.

IMPORTANTE: ter um ou mais fatores de risco não significa que você desenvolverá a doença.

Como se prevenir?

• Conheça seu corpo: fique atenta a alguma alteração significativa em suas mamas (fora do período mestrual).

• Mantenha uma alimentação saudável: dê preferência a alimentos de origem vegetal como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, e evite frituras e alimentos industrializados.

• Pratique atividades físicas regularmente: caminhe ou pratique algum esporte que goste. 

• Evite a ingestão de bebidas alcoólicas: o consumo de bebida alcoólica contribui para o risco de desenvolver câncer.

• Mantenha o peso corporal adequado: estar acima do peso aumenta as chances de desenvolver câncer. 

• Realize os exames preventivos, conforme sua faixa etária e histórico familiar: a mamografia é um exame essencial para detectar precocemente o câncer. Atualmente, para pessoas sem sintomas, a recomendação da Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde do Brasil é realizar o exame a partir dos 50 anos e repeti-lo a cada 2 anos. Já a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), recomenda a mamografia anual para as mulheres a partir dos 40 anos de idade. Consulte o seu médico e verifique a frequência mais indicada para você.

Fontes: INCA – Instituto Nacional de Câncer e Sociedade Brasileira de Mastologia.

Voltar ao índice

Nós utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes conforme descrito em nossa Política de Privacidade,
ao continuar navegando, você concorda com estas condições.