Proteja-se do Sarampo

Comunicação e Marketing

Voltar ao índice

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. Mas infelizmente, esta não é mais a realidade. Diversos surtos estão ocorrendo em São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, entre outros estados.

O que é o sarampo? O sarampo é uma doença infecciosa aguda, grave, altamente contagiosa, causada pelo vírus Morbillivirus.

Como o sarampo é transmitido? A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Por isso, é uma doença altamente contagiosa. O período de transmissão ocorre de 4 a 6 dias antes e até 4 dias após o aparecimento das manchas vermelhas.

Quais são os sintomas? - Febre alta, acima de 38,5°C - Dor de cabeça - Tosse - Coriza - Conjuntivite - Manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo. - Manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, conhecida como sinal de koplik, que aparecem de 1 a 2 dias antes das manchas vermelhas.

Quais são as complicações do sarampo? O sarampo baixa a imunidade, podendo levar a complicações como: infecções respiratórias, otites, diarreia e doenças neurológicas. Tais complicações podem deixar sequelas como: diminuição da capacidade mental, cegueira, surdez e retardo do crescimento. O agravamento da doença pode levar inclusive à morte.

Como prevenir? A única forma de se prevenir do sarampo é se vacinando. Fique atento ao esquema vacinal para cada faixa etária: - de 12 meses a menores de 5 anos de idade: uma dose aos 12 meses (tríplice viral) e outra aos 15 meses de idade (tetra viral). - de 5 anos a 9 anos de idade, não vacinados anteriormente: duas doses da vacina tríplice. - de 10 a 29 anos, não vacinados anteriormente: duas doses das vacina tríplice. - de 30 a 49 anos, não vacinados anteriormente: uma dose da vacina tríplice viral.

Importante: A pessoa que tomou a vacina em qualquer uma das faixas etárias acima, não precisa se vacinar novamente, mas caso não tenha certeza se já tomou as vacinas conforme indicado, deve se vacinar. A vacina está disponível nos postos de saúde durante todo o ano.

Devido ao surto, na cidade de São Paulo, a prefeitura está indicando que todas as pessoas entre 15 e 29 anos tomem a vacina, mesmo que já tenham tomado as duas doses.

Quem não deve tomar a vacina? Casos suspeitos de sarampo, gestantes, menores de 6 meses de idade e pessoas com o sistema imunológico comprometido.

Fonte: Ministério da Saúde

Voltar ao índice