Dia Mundial da Saúde: Mantenha-se saudável na pandemia

Estamos vivendo a pandemia do COVID-19. Com isso, o desafio de manter hábitos saudáveis e redobrar os cuidados com a higiene nunca foram tão importantes. Fique atento às dicas a seguir!


AO SAIR DA CASA 

? Se possível, use blusa de manga comprida.

? Prenda o cabelo e evite usar brincos, anéis e colares.

? Mantenha distância de no mínimo 1 metro das pessoas.

? Não toque seu rosto antes de higienizar as mãos.

? Se espirrar ou tossir, cubra a boca com um lenço descartável ou com o cotovelo.

AO VOLTAR PARA CASA

? Tire os sapatos antes de entrar em casa.

? Tire a roupa e tome banho. Se não for possível, lave as partes que estavam expostas e troque de roupa.

? Limpe com álcool 70 os objetos que trouxe como bolsa, carteira, mochila, embalagens. O que for possível também pode ser lavado com água e detergente.

? Após se lavar, limpe tudo que tocou como maçanetas, interruptores, superfície onde colocou objetos, etc.

? Não é possível uma descontaminação total, portanto sempre mantenha os cuidados de lavar as mãos e não colocar a mão nos olhos, boca e nariz.

TRABALHANDO EM CASA

? Estabeleça uma rotina com hora de trabalho, tempo para as refeições e para o lazer.

? Se possível, separe um local de trabalho iluminado, silencioso e ergonômico.

? Troque de roupa, não fique de pijama o dia inteiro.

? Avise as pessoas de sua casa que está trabalhando, especialmente quando estiver em reunião online.

MANTENHA SUA SAÚDE MENTAL

? Fique calmo e mantenha-se com o pensamento positivo de que esta fase irá passar.

? Mantenha-se informado, mas selecione fontes confiáveis e limite o tempo para ver notícias sobre a pandemia. 

? Estabeleça contato on-line com as pessoas que gosta.? Mesmo que não esteja trabalhando, estabeleça uma rotina.

? Faça exercícios físicos regularmente, mesmo dentro de casa. Há muitas opções on-line e gratuitas.

? Aproveite para fazer um curso on-line, ler livros, assistir filmes e séries.

? Caso necessite de ajuda, busque ajuda psicológica on-line.

Fontes: Ministério da Saúde, World Health Organization.